Ozonebras participa da ExpoSustentat 2009

Exposustentat

Com o apoio do SEBRAE/SP, Ozonebras participa do principal evento sustentável internacional da América Latina.

01 de novembro de 2009

Diversas empresas e organizações já trabalham de forma sustentável, trazendo para o mercado resultados que farão a diferença para um planeta melhor: produtos e serviços que não esgotem as reservas naturais do país, que sejam comprometidos com a responsabilidade social e ambiental. Dentro deste mesmo conceito, cada vez mais empresas e organizações também apóiam e promovem a sustentabilidade através de diversas iniciativas, desde educacionais até em investimentos específicos.

Do dia 26 a 30 de outubro de 2009, a OZONEBRAS, empresa graduada da Incubadora de Negócios da Prefeitura Municipal de São José dos Campos, e referência nacional na fabricação de Geradores de Ozônio para tratamento de água, participou da 5ª. edição da ExpoSustentat, principal Evento Sustentável Internacional da América Latina, realizado em São Paulo, no Transamérica Expo Center.

A participação na feira, que incluiu um Fórum  de Inovação e Tecnologias Verdes, ofereceu aos visitantes e expositores uma oportunidade privilegiada de fazer contatos e negócios com atores de diversos países reunidos na mesma data e local. Paralelamente, aconteceu a sexta edição da BioFach América Latina,  a maior feira de negócios do setor orgânico latino-americano.

Pesquisas mostram que o consumidor prefere produtos associados a uma postura social ética e responsável com o meio ambiente. A ExpoSustentat é o marketplace internacional ideal para promover estas organizações e entidades comprometidas com a sustentabilidade.

Além da OZONEBRAS, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de São Paulo (Sebrae-SP) convidou empresários, donos de micro e pequenos negócios, que também anteciparam-se às tendências do mercado, oferecendo produtos e serviços apoiados nas práticas da sustentabilidade. O evento permitiu a interação da empresa com diversos profissionais de toda a América do Sul e possibilitou negociações com a Argentina, Chile e Bolívia, além do estabelecimento de representantes na cidade de São Paulo.