Ozônio

SEGURANÇA

A grande vantagem do ozônio quando em comparação a outros gases é o seu odor característico. Mesmo em baixíssimas concentrações (0,02 a 0,04 ppm) já se percebe a sua presença. A legislação regulamenta que  uma pessoa pode ficar exposta a uma concentração de 0,1 ppm por um período de 8 horas sem nenhum prejuízo à saúde. Em altas concentrações (acima de 0,3 ppm) passa a ser irritante aos olhos e mucosas. Longos períodos de exposição não são permitidos, pois podem afetar cronicamente os brônquios (acima de 8 horas seguidas). A inalação de concentrações industriais normalmente acima de 10.000,00 ppm pode levar a morte. De qualquer forma, uma pessoa não suporta ficar no ambiente onde o ozônio esteja presente já nas concentrações mínimas devido ao cheiro.

99a221d6b13abedb4b93fc86e22ceaf0

 

Através dos anos a indústria do ozônio se orgulha do fato de não haver registros de acidentes fatais devido a inalação do gás, diferente do cloro e flúor. A razão decorre de o ozônio ter que ser produzido no local de consumo e não poder ser armazenado como sucede com produtos químicos convencionais. Atualmente, melhorias nos dispositivos de segurança dos equipamentos geradores de ozônio permitiram a esterilização da piscina sem que os usuários sejam expostos ao gás em concentrações prejudiciais.